fbpx
Cultura e Mercado

Secretário de Cultura afirma que teto da Lei Rouanet subirá para R$10 milhões, somente para o teatro musical

 

O Secretário da Cultura, Roberto Alvim, disse hoje em um almoço com cerca de 30 representantes do setor cultural, organizado pela FIESP, que o teto de captação da Lei Rouanet subirá para R$10 milhões, somente para projetos de musicais.
Alvim afirmou que se sensibilizou com o pedido feito por produtores do setor, tendo em vista que um teto de R$1 milhão (novo limite estipulado pelo governo Bolsonaro) inviabiliza produções do porte de musicais.
O secretário também informou que irá avaliar a possibilidade de atualizar o valor do Vale-Cultura, que atualmente é de R$50.
No encontro, também foi anunciado que André Sturm, ex-secretário municipal de cultura de São Paulo, será o novo secretário do Audiovisual do governo federal. Ele entra no lugar de Katiane Gouvêa, exonerada no último dia 11.

Sturm é o quarto a ocupar o cargo no governo Bolsonaro.