fbpx
Cultura e Mercado

O que é Coworking?

Economia Colaborativa – 4

Por Natalie Assad Feller

 

Você já deve ter ouvido falar em Coworking, não é mesmo? Afinal, a cada ano, cresce o seu número em todo o país e não é só nas capitais brasileiras. Basicamente, se trata de um espaço coletivo para empresas e profissionais trabalharem.

Porém, é muito mais do que isso. Quer conhecer tudo sobre o assunto? Então, continue lendo este artigo e, nos tópicos a seguir, descubra o que é coworking e obtenha demais informações.

O que é Coworking

Como dito, coworking é um local onde profissionais autônomos, freelancers e mesmo empresas podem trabalhar compartilhando o mesmo ambiente. Cada um possui o seu espaço, podendo ser uma sala ou uma bancada, mas é possível trocar experiências e informações.

A ideia é que os profissionais que costumam trabalhar, muitas vezes, sozinhos em casa ou mesmo no seu escritório, possam ter um momento de colaboração. Afinal, o que são dos humanos senão seres sociais que possuem a necessidade de se comunicar?

Portanto, nada mais apropriado do que interagir com outros profissionais, que possuem algo em comum. Além disso, é possível alugar o espaço do coworking por hora ou pagar por mês um preço fixo, o que depende de cada lugar.

Coworking no Brasil

Em 2017, no Brasil, houve o surgimento de um grande número de coworkings, a partir de então, os números estabilizaram e esse novo segmento começou a amadurecer. Hoje, já é possível somar mais de 200 mil pessoas em todo o país, que fazem uso desses espaços.

Conforme o censo 2018 do Coworking Brasil, foram encontrados 1.194 espaços de compartilhamento. Os dados são de cidades com mais de 150 mil habitantes, sendo que 169 delas possuem coworkings.

Em primeiro lugar, está São Paulo, com o maior número, 273 espaços. Em segundo, Rio de Janeiro com 102 e, em terceiro, Belo Horizonte com 62.

Quem usa coworking

O censo também buscou informações a respeito do perfil das pessoas que faz uso desses espaços. Constatou-se que a média de profissionais fixos é de 23 pessoas por coworking. Porém, são mais de 260 pessoas que frequentam esses espaços ao longo do mês.

Além disso, o mais comum é que os usuários se reúnam em grupos de até três pessoas. Embora também haja times de três a seis pessoas e, uma minoria, são de coworkers individuais.

Verificou-se ainda o tempo que eles passam nesses espaços. Embora não seja a maioria, uma parte significativa permanece de 6 a 12 meses. Períodos de três a seis meses e de um a dois anos também são comuns.

E uma grande maioria desses usuários prefere optar por planos mensais para usar os espaços.

Benefícios do coworking

Veja quais são os principais benefícios de participar de um espaço coworking:

• Com um ambiente próprio para a atividade profissional, as pessoas se tornam mais produtivas e conseguem cumprir prazos com mais facilidade;
• Já que é um lugar para trocar experiências e ideias, a comunicação interpessoal dos profissionais é aperfeiçoada;
• Os usuários se sentem mais motivados, pois o ambiente é inspirador, já que reúne pessoas empreendedoras e, portanto, com propósitos semelhantes;
• A disposição aumenta quando os profissionais usam o coworking;
• Os negócios podem prosperar com mais sucesso, devido a todas as vantagens que o coworking oferece.